top of page

Como o Fundador da Psicologia Analítica, C. G. Jung enfrentaria a depressão?

Atualizado: 13 de out. de 2023

C. G. Jung, Fundador da Psicologia Analítica, escreveu em carta sobre depressão


Fragmento retirado de: Carl Gustav Jung, Cartas, Vol. 3: 1956-1961. Petrópolis: Vozes, 2003 p. 201-202. Compre agora e ajude o nosso site a crescer:

Küsnacht-Zurique, 09.03.1959


Prezada N. (destinatária não identificada),


"Depressão" significa em geral "pressão ou coação para baixo". Isto pode acontecer mesmo que não se tenha o sentimento de estar "em cima". Por isso não gostaria de abandonar esta hipótese sem mais.


Como o Fundador da Psicologia Analítica, C. G. Jung enfrentaria a depressão
Como o Fundador da Psicologia Analítica, C. G. Jung enfrentaria a depressão

Se eu tivesse de viver num país estrangeiro, procuraria alguma ou mais pessoas, que me parecessem amáveis, e me tornaria de certa maneira útil a elas, para receber libido de fora, ainda que de uma forma algo primitiva como o fez, por exemplo, o cachorro, sacudindo o rabo.


Criaria animais e plantas, que me dessem alegria com o seu desenvolvimento. Eu me cercaria de coisas belas – não importa se primitivas ou simplórias – objetos, cores, sons. Comeria e beberia coisas gostosas. Como o Fundador da Psicologia Analítica, C. G. Jung enfrentaria a depressão?


Quando a escuridão viesse, não descansaria até penetrar em seu cerne e chão e até que aparecesse uma luz no meio do sofrimento, porque a própria natureza se inverte in excessu affectus. Eu me voltaria contra mim mesmo com raiva, para que no calor dela derretesse meu chumbo.


Renunciaria a tudo e me dedicaria à atividade mais humilde, caso minha depressão me forçasse à violência. Lutaria com o Deus sinistro até que me descolasse o quadril, pois ele também é a luz e o céu azul que retém diante de mim.

Seria isto o que eu faria. O que outras pessoas fariam é uma questão que não sei responder. Mas também para a senhora existe um instinto: arrancar-se para fora disso, ou entrar até as profundezas.


Mas nada de meias-medidas ou meio entusiasmo. [...]


Com votos cordiais, Sinceramente seu (C.G.).



Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Ilton Santana
Ilton Santana
Jul 16, 2022

Interessante. "...arrancar-se para fora disso, ou entrar até as profundezas. Mas nada de meias-medidas ou meio entusiasmo".

Like
bottom of page